A jóia de Medina (The Jewel of Medina) – Sherry Jones

Oi gentem! Nossa, que saudades de vir até aqui pra falar de livros! rss! Bom, antes de começar, eu queria dizer que eu fiz esse post em homenagem ao blog da Alê, o La Sorcière. Eu ADORO o blog dela, e eu vi que o livro de hoje é um que ela quer, e como eu já li e gostei muito, eu vim aqui dar meu pitaco ;). Trata-se de “A Jóia de Medina”.

Bom, o livro conta a história de A’isha, uma das esposas de Maomé. Muitas histórias controversas foram contadas sobre A’isha: alguns dizem que ela era a preferida de Maomé(versão apresentada no livro), outros dizem que os ciúmes que ela sentia dele, e os escândalos e problemas em que ela o colocava faziam com que ele a odiasse. Hoje em dia, o nome A’isha é usado como uma ofensa, mas seu verdadeiro significado é “vida”. Essas e outras informações estão colocadas mais detalhadamente no prólogo(narrado pela própria A’isha) e antes, na Nota da Autora, e são importantes para entender o panorama político que há por trás da história do livro.

Bom, A’isha é uma linda menina, ruiva, filha da segunda esposa de um aliado de Maomé, e sempre brinca de bonecas com ele e de beduíno com Safwan. Ela sonha em se juntar a uma caravana e viver aventuras ao lado de Safwan, que ela pensa que será seu marido. Até que um dia, com apenas 6 anos, A’isha é dada em noivado a Maomé, e fica trancada em casa até completar 9 anos e finalmente se casar. Apesar de amar Maomé, A’isha sente que sua vida acabou, já que o amor que dedica a ele é um amor de amigo, que vai evoluindo com os anos, e sua esperança de viver como beduína acaba, afinal, a esposa do profeta não poderia jamais viver assim.

Com o tempo, mais problemas aparecem na vida da jovem: Maomé se casa com várias mulheres, tendo um harém de 12 esposas, criando, assim, ciúmes e desespero na jovem A’isha, que, por conselho de sua mãe luta para ser a primeira esposa e não sofrer com a escravidão imposta pela primeira esposa, caso seja alguma das outras mulheres do harém. Além disso tudo, as guerras e tensões políticas ameaçam Maomé e a umma(a comunidade onde ele vive), e A’isha precisa amadurecer para ajudar seu marido a enfrentar todas as pressões que seu amado marido sofre, até o momento de sua morte.

Gente, o que é esse livro? Super bem escrito, você sente os cheiros, sente o sol na pele, se imagina naquele deserto ao lado de A’isha enquanto tudo acontece! Muito bem pesquisado também, todas as informações apresentadas no livro são muito bem fundamentadas, a bibliografia no final mostra que a autora pesquisou bem sobre o assunto! No final do livro ela conta sobre a dificuldade para publicar os livros(sim, parece que terá continuação!!), e como finalmente o livro chegou às nossas mãos.

Preciso dizer que super recomendo? O livro é MARAVILHOSO, e garanto que vocês vão se surpreender! A transformação da A’isha de uma menininha sonhadora em uma mulher mais realista para sua situação na vida, e como ela lida com isso é impressionante! Mal posso esperar pela continuação, que, parece, vai contar um pouco mais sobre a vida da A’isha depois do acontecimento do final do livro – que pode até ser esperado por alguns, mas eu não vou contar qual é! Leiam, leiam, leiam!! Eu amei, de verdade! Espero que gostem também! Beijos a todos e até a próxima!


One thought on “A jóia de Medina (The Jewel of Medina) – Sherry Jones

  1. Pingback: Essa Semana #18 - O Mundo da Marina

Tem algo a acrescentar?