A Mulher do Viajante do Tempo (The Time Traveler’s Wife) – Audrey Niffenegger

Oi! Hoje é um dia muito importante pra mim: vou colar grau de novo! Tenho sentimentos estranhos e misturados sobre isso, então escolhi um livro bonito, difícil e emocionante pra acompanhar o momento! É dia de “A Mulher do Viajante do Tempo”.

“”A Mulher do Viajante no Tempo” conta a história do casal Henry e Clare. Quando os dois se conhecem Henry tem 28 anos e Clare, 20. Ele é um moderno bibliotecário; ela, uma linda estudante de arte. Os dois se apaixonam, se casam e passam a perseguir os objetivos comuns à maioria dos casais: filhos, bons amigos, um trabalho gratificante. Mas o seu casamento nunca poderá ser normal. Henry sofre de um distúrbio genético raro e de tempos em tempos, seu relógio biológico dá uma guinada para frente ou para trás e ele então é capaz de viajar no tempo, levado a momentos emocionalmente importantes de sua vida tanto no passado quanto no futuro. Causados por acontecimentos estressantes, os deslocamentos são imprevisíveis e Henry é incapaz de controlá-los. A cada viagem, ele tem uma idade diferente e precisa se readaptar mais uma vez à própria vida. E Clare, para quem o tempo passa normalmente, tem de aprender a conviver com a ausência de Henry e com o caráter inusitado de sua relação.”

Já contei que a biblioteca do meu trabalho é incrível, né? Neste momento mesmo, escrevo diretamente dela, já que esqueci meu computador em casa, e estou cercada de vários livros legais. Eu encontrei este livro aqui, e acabei me encantando pela história, que eu tinha receio de ler, não sei porque raio de motivo. Depois que comecei a ler, no entanto, percebi que devia era ter pego o livro antes, já que, à época da leitura, estava carente de boas histórias e bons romances, devidamente supridos aqui. A narrativa bem amarrada e de cadência perfeita da Audrey, somada às personagens incríveis e à história linda me fizeram chorar em alguns momentos, o que é bem raro. Clare e Henry são duas personagens bem incríveis, que me conquistaram bem depressa, e que facilitaram o entendimento de uma história que é relativamente difícil de explicar – apesar de ter lido resenhas sobre como funcionavam as mudanças do Henry no tempo, só compreendi tudo perfeitamente ao ler o livro, e acredito que isso seja devido à boa combinação que comentei ali em cima.

Não é um livro que eu recomende livremente. Há que se ter estômago para boas histórias de amor, que passam por momentos difíceis e provações, além de momentos difíceis, mas a recompensa é uma história linda, de tremer os joelhos e amolecer o coração. Perfeita pra ser resenhada num dia de emoções confusas como hoje.

Desejem-me sorte! Espero que tenham gostado, bom resto de semana para todos nós e até a próxima!


2 thoughts on “A Mulher do Viajante do Tempo (The Time Traveler’s Wife) – Audrey Niffenegger

  1. Oi, Nina.
    Eu primeiro lugar parabéns pela colação de grau!!
    E depois, parabéns por escolher esse livro! Eu AMO essa história!!
    Encontrei esse livro enquanto procurava um exemplar de ‘A Viajante do Tempo’, mas achei a sinopse interessante e resolvi arriscar! É lindo demais!!
    Mas como você disse, é preciso ter estômago e também estar preparado para lágrimas!! rs…
    Beijos
    Camis

Tem algo a acrescentar?