Brisingr (Brisingr) – Christopher Paolini

Oi! Mais uma semana que começa, mais uma chance de acertar meus horários e colocar meu calendário de resenhas em dia – vamos ver se finalmente consigo fazer isso por completo… hoje é dia de série, com “Brisingr”, terceiro volume do “Ciclo da Herança”.

Brisingr

Pode conter spoilers involuntários dos livros anteriores

“Em Brisingr, Eragon e seu dragão, Saphira, conseguiram sobreviver à batalha colossal na Campina Ardente contra os guerreiros do Império. No entanto, Cavaleiro e dragão ainda terão de se deparar com inúmeros desafios. Eragon se vê envolvido numa série de promessas que talvez não consiga cumprir, como o juramento a seu primo, Roran, de ajudá-lo a resgatar sua amada Katrina das garras de Galbatorix. Todavia, Eragon deve lealdade a outros também. Os Varden precisam desesperadamente de sua habilidade e força, assim como elfos e anões. Com a crescente inquietação dos rebeldes e a iminência da batalha, Eragon terá de fazer escolhas que o levarão a atravessar o Império, viajando muito além. Escolhas que poderão submetê-lo a sacrifícios inimagináveis? Conseguirá o jovem unir as forças rebeldes e derrotar o Império?”

Esse livro deveria ter sido o terceiro e último, quando a ideia era escrever uma trilogia. Aí a história aumentou mais do que se esperava e chegou ao quarto livro. Eu ainda não sabia que isso ia acontecer, mas comecei a suspeitar lá pelo meio do livro, quando vi que nada parecia se resolver. Pra ser muito franca fiquei bem furiosa, porque detesto quando autores são desorganizados e fogem do plano inicial e/ou quando são gananciosos e estendem uma série mais do que precisa só para ganhar mais dinheiro – e acabam por comprometer a qualidade do trabalho. Senti que este livro foi melhor do que o segundo, mas ainda assim fiquei irritada de ver o Roran ganhando tanto destaque. Não é uma personagem com a qual eu tenha simpatizado, e foi bem chato ficar vendo como ele era idolatrado quando, na minha opinião, quem segurava a maior parte do rojão era o Eragon – e isso ninguém parecia ver!

A narrativa continua seguindo a mesma linha dos livros anteriores, com uma ligeira melhorada. As personagens parecem aumentar mais e mais, e algumas que eu queria muito conhecer melhor tiveram um momento de maior destaque aqui. Outras que eu gostaria de ter visto mais ainda não tiveram seus momentos particulares contemplados aqui, mas falo sobre isso na próxima resenha. Ainda assim, recomendo a série! Tem coisas que podem ser melhoradas, mas no geral é muito boa!

Espero que tenham gostado! Boa semana para todos nós e até a próxima!

Ciclo da Herança:

01- Eragon

02- Eldest

03- Brisingr

04- Herança


3 thoughts on “Brisingr (Brisingr) – Christopher Paolini

    • Oi Camis!

      Olha, eu gostei da série, recomendo, mas se o primeiro livro não te encantou – e você conseguir começar e abandonar uma série, coisa que eu nunca consegui fazer – então talvez possa deixar pra lá… tem tanta série pra ser lida, né?

      Beijos!

  1. Pingback: Herança (Inheritance) – Christopher Paolini | O Mundo da Marina

Tem algo a acrescentar?