Coração de Tinta (Tintenherz) – Cornelia Funke

Oi! As semanas vão se passando e eu, escolhendo o que resenhar, percebi que não adianta tentar ir aos poucos com as resenhas de séries! Hoje em dia elas dominam o mercado editorial, e eu as leio desde criança, então preciso começar resenhá-las aqui com um pouco mais de frequência, ou nunca terminarei todas! A princípio pretendo resenhar pelo menos um livro que seja parte de uma série por semana, então começo hoje com a primeira série nova de 2016, que eu li anos atrás e que me roubou o coração: é dia de “Coração de Tinta”.

coracaodetinta

“Há muito tempo Mo decidiu nunca mais ler um livro em voz alta. Sua filha Meggie é uma devoradora de histórias, mas apesar da insistência não consegue fazer com que o pai leia para ela na cama. Meggie jamais entendeu o motivo dessa recusa, até que um excêntrico visitante noturno finalmente vem revelar o segredo que explica a proibição. É que Mo tem uma habilidade estranha e incontrolável: quando lê um texto em voz alta, as palavras tomam vida em sua boca, e coisas e seres da história surgem como que por mágica. Numa noite fatídica, quando Meggie ainda era um bebê, a língua encantada de Mo trouxe à vida alguns personagens de um livro chamado “Coração De Tinta”. Um deles é Capricórnio, vilão cruel e sem misericórdia, que não fez questão de voltar para dentro da história de onde tinha vindo e preferiu instalar-se numa aldeia abandonada. Desse lugar funesto, comanda uma gangue de brutamontes que espalham o terror pela região, praticando roubos e assassinatos. Capricórnio quer usar os poderes de Mo para trazer de “Coração De Tinta” um ser ainda mais terrível e sanguinário que ele próprio. Quando seus capangas finalmente sequestram Mo, Meggie terá de enfrentar essas criaturas bizarras e sofridas, vindas de um mundo completamente diferente do seu.”

Sabe aquele livro pelo qual você se apaixona já na livraria? Aquele te chama a atenção já pela capa e que não sai da sua cabeça? Foi assim com este aqui. Eu o namorei um bom tempo, mas como na época não trabalhava, tinha um orçamento limitado; qual não foi minha surpresa quando minha mãe apareceu com o livro em casa, então? Só que não era pra mim – ela tinha me trazido outro, que eu já nem lembro qual era. O livro era pra minha irmã, e eu tive que esperar que ela terminasse para ler. Ah, mas que espera que valeu a pena!

A escrita da Cornelia é incrível: apropriada para crianças mas nada infantilóide, então qualquer pessoa, de qualquer idade, consegue se apaixonar pelo mundo incrível que ela cria, e que convive, lado a lado, com o nosso. A nossa realidade e a fantasia dela se tocando são, certamente, das coisas mais lindas que eu já li, e as personagens são tão boas que eu queria ser parte do Mundo de Tinta! O pior é que esse desejo só foi aumentando com os próximos volumes da narrativa, já que à medida que a história cresce e entendemos mais sobre o funcionamento desse mundo incrível, dá vontade de deixar nossa vida “monótona” pra lá. Minhas personagens preferidas neste volume foram Meggie, a menina corajosa e apaixonada por seus ideais, e Elinor, a apaixonada por livros que sente um amor de familiar por eles – onde será que eu já vi isso…? Enfim, é uma série incrível com um primeiro livro excelente! Mais do que recomendado!

Espero que tenham gostado! Bom resto de semana para todos nós e até a próxima!

Mundo de Tinta:

01- Coração de Tinta

02- Sangue de Tinta

03- Morte de Tinta


5 thoughts on “Coração de Tinta (Tintenherz) – Cornelia Funke

    • Pois é, Camis! Jájá não teremos mais volumes únicos, uma pena! Mas há vantagens em tudo, tipo poder conviver mais tempo com personagens boas e queridas – quando é o caso!

      Um beijo!

  1. Pingback: Sangue de Tinta (Tintenblut) – Cornelia Funke | O Mundo da Marina

Tem algo a acrescentar?