Glória Mortal (Glory in Death) – J. D. Robb

Oi! Como eu disse pra vocês no mês passado, esta é uma série que eu queria resenhar há tempos, mas nunca encontrava a oportunidade. Agora que comecei, vou tentar resenhar um livro por mês até que alcancemos os livros em publicação e possamos estar em dia com os lançamentos. Hoje é dia de “Glória Mortal”.

glória mortal

Pode conter spoilers involuntários dos livros anteriores

“A primeira vítima foi encontrada caída na calçada, na chuva. A segunda foi morta no próprio prédio onde morava. A tenente Eve Dallas, da Polícia de Nova York, não teve dificuldades para encontrar uma ligação entre os dois crimes. As duas vítimas eram mulheres lindas e muito bem-sucedidas, mas que mantinham relações que poderiam provocar suas mortes. Suas vidas glamourosas e seus casos amorosos eram assunto na cidade, assim como suas relações amorosas com homens poderosos e riquíssimos. Nadine Furst, uma jornalista extraordinária, é dita como sendo a terceira vítima, mas um erro de identidade põe a mulher errada no necrotério. Eve, já atormentada pela perda de mais uma vida inocente, é agora um alvo perfeito para o assassino.”

Como eu disse na resenha anterior, o mais legal dessa série não são nem as investigações, ainda que sejam, em geral, muito boas. O que me chama a atenção mesmo é a vida pessoal da Tenente se desenvolvendo, ainda mais considerando-se a pessoa que ela é no primeiro livro (focada, tímida, brava e muito reservada) para a pessoa que ela vai se tornando à medida que seu círculo de amigos vai aumentando.

Aqui já conseguimos perceber que tanto Roarke quando Nadine Furst, a repórter, vieram pra ficar na história: Roarke como seu interesse amoroso (e de qualquer mulher que leia a série), e Nadine como sua amiga (talvez ainda não dê pra perceber, mas logo vai dar sim). A segunda melhor amiga de Eve também é apresentada aqui, mas ainda não dá pra perceber o tamanho do papel que ela vai desempenhar. Continuei gostando das personagens, e achei que o desenvolvimento delas é muito bom ao longo dos livros. A relação de Roarke e Eve começa a se estabelecer melhor, e é uma maravilha observar.

O mistério é bom, e eu demorei um pouco pra perceber quem era o culpado. À medida que os livros avançam, as investigações vão se tornando mais interessantes, e a identidade dos assassinos pode ou não ir melhorando (depende muito do livro, alguns têm uns mistérios bem bestas), mas até aqui eles são legais. Gostei de ver como Eve descobriu a identidade do assassino e como o encurralou – e gostei especialmente do que aconteceu logo depois dessa captura! No geral, um livro muito bom! Recomendo bastante, ainda que repita que não vai ser a melhor leitura da vida de ninguém.

Espero que tenham gostado! Bom resto de semana para todos nós e até a próxima!


6 thoughts on “Glória Mortal (Glory in Death) – J. D. Robb

  1. Por culpa sua eu estou viciada em Nora Roberts, dona Marina!! hehe
    Li a Trilogia da Gratidão recentemente, quer dizer, ainda falta o livro sobre Seth que tenho que comprar, e comprei o primeiro da Série Mortal. Estou esperando chegar!! =)

    Ah, e quando vamos marcar um chá novamente??

    bjss

Tem algo a acrescentar?