O Jardim Secreto (The Secret Garden) – Frances Hodgson Burnett

Olá! Hoje minhas férias acabaram, então a partir da semana que vem, para priorizar meus estudos, devo diminuir a quantidade de posts por semana – ao invés de 3, serão 2. Hoje, pra encerrar a semana, trouxe “O Jardim Secreto”, um livro infantil mas muito muito bom de que eu gosto bastante.

Bom “O Jardim Secreto” conta a história de Mary Lennox, uma menina ranzinza e mimada, que vai viver com o tio na Inglaterra após a morte de seus pais, em um surto de cólera na Índia, onde a família vivia. A mãe de Mary era irmã gêmea, e cunhada do tio com quem a menina vai viver. Como sua tia já é falecida e seu tio nunca está em casa – e os criados da mansão, diferentemente dos da Índia, além de não terem paciência com ela não têm obrigação de mimá-la – Mary passa muito tempo sozinha pela casa, detestando tudo que a cerca. Um dia Mary ouve de Martha, uma das empregadas da casa, a história de sua tia, que morreu em um trágico acidente, e que tinha um jardim que amava muito, onde cultivava rosas. Mary decide encontrar o jardim e restaurá-lo; nesse processo, acaba restaurando a si mesma.

As personagens desse livro são bem caricatas, com comportamentos bem marcados, o que não surpreende já que é um livro infantil, que carrega consigo lições de moral e fantasia. Mary é a própria criança chata e birrenta, no início do livro, assim como Dickon, seu amigo e irmão de Martha, é tão bom que chega a ser um pouco maçante. Colin, o primo de Mary que aparece mais para frente na história, é como ela no início do livro: chorão, mimado e cheio de vontades, mas se transforma com as lições da prima (que, inclusive, chega a dizer para ele que também era assim, e que ele também pode melhorar).

É um livro que pode parecer bem bobo, mas é uma história infantil maravilhosa, de que eu sempre gostei muito; eu a conheci pela adaptação cinematográfica de 1993 e achei encantadora, e já mais velha ganhei uma versão do livro. Quando visitei Boston, no ano passado, comprei a versão anotada (cuja capa, por sinal, ilustra esse post) no Museum of Fine Arts – eu já namorava essa edição há algum tempo, mas só lá é que realmente me resolvi por comprá-la – e aí o livro se tornou ainda mais especial, já que também é uma lembrança dessa viagem. Eu realmente recomendo a leitura. É um clássico da literatura inglesa infantil, e é uma gracinha. Crianças costumam amar, e adultos com a cabeça mais dada à fantasia – como eu mesma – também!

Bom, espero que tenham gostado! Bom fim de semana e até a próxima!


4 thoughts on “O Jardim Secreto (The Secret Garden) – Frances Hodgson Burnett

  1. Pingback: O Retrato de Dorian Gray (The Picture of Dorian Gray) - Oscar Wilde

  2. Pingback: O Retrato de Dorian Gray (The Picture of Dorian Gray) - Oscar Wilde

Tem algo a acrescentar?