A Misteriosa Chama da Rainha Loana (La Misteriosa Fiamma della Regina Loana) – Umberto Eco

Oi gente! Tô de férias!!! \o/\o/\o/ Finalmente vou poder colocar minhas leituras em dia, poder ver meus filmes e minhas séries, e, principalmente, descansar! E com mais tempo livre vem mais resenhas, mara, né? Que tal falar de uma Rainha?

Hoje eu queria falar sobre o único livro do Umberto Eco que eu já li (defeito que está sendo remediado com “Apocalípticos e Integrados”). Eu ganhei esse livro da minha mãe, e achei curioso por logo embaixo de título vir escrito assim: “Romance Ilustrado”. “Umberto Eco escreve romances ilustrados?” Não são todos, mas nesse aqui as ilustrações são especiais, já que ilustram a memória pouco a pouco recuperada de Yambo, protagonista da história.

Yambo acorda no hospital e descobre que não sabe nada sobre si mesmo: ele perdeu a memória. Não toda a memória, mas a afetiva. A semântica e a automática continuam intactas, o que significa que com apenas alguns estímulos ele se lembra de como dirigir, escovar os dentes e conduzir seu negócio – ele é um comerciante de livros antigos -, mas não consegue se lembrar se tem esposa, filhos, netos, nada. É aí que por recomendação do médico e ajuda da mulher, uma paciente criatura, ele vai para o sítio de seu avô, que fica em Piemonte.

Seu avô colecionava de tudo: revistas, jornais, botões… qualquer coisa que achasse que valia a pena, e como Yambo – na verdade Giambattista Bodoni (Yambo é só apelido) – passou a maior parte de sua infância e juventude no lugar, é onde ele tem mais chances de se lembrar das coisas que aconteceram em sua vida. Com a ajuda da empregada da casa, que está lá desde que ele se entende por gente, Yambo vai desenterrando e desmistificando seu passado, e é aí que entram as figuras do livro: Umberto Eco misturou entre as lembranças de Yambo, as suas próprias, e passou dois anos procurando as figuras que retratariam a Itália dos anos 30 e 40, os anos de sua primeira infância (ele nasceu em 1932).

O livro é maravilhoso, e inteligentíssimo. O mais interessante é descobrir alguns mistérios e aprender mais sobre a Itália, seus hábitos e costumes (já disse que sou doente pela Itália? Não? Pois eu sou!^^), e descobrir como aquela geração pensava, as coisas que descobriu e como vivia. Totalmente recomendado, mas já aviso que é uma leitura tensa e que precisa de muita atenção, então não pensem que vai ser um romance simples! A Rainha Loana? Só lendo pra descobrir! 😉

Bom, como eu vou ter algumas semanas livres, tenho a pretenção de todo dia ler pelo menos um livro, ver um filme e um episódio de série. Será que eu dou conta, sem esquecer as outras coisas que eu tenho pra fazer? Espero que sim, mas seja qual for o resultado, volto aqui pra contar pra vocês, ok? Beijos beijos e até a próxima!


One thought on “A Misteriosa Chama da Rainha Loana (La Misteriosa Fiamma della Regina Loana) – Umberto Eco

  1. Pingback: Essa Semana #1 - O Mundo da Marina

Tem algo a acrescentar?