Nascimento Mortal (Born in Death) – J. D. Robb

Oi! Eu sei que não é sexta e que ainda temos uma semana em abril, mas já que eu me atrasei um pouco com as resenhas da Série Mortal, resolvi que era hora de consertar isso. Estou tentando pôr a vida de cabeça pra cima, pelo menos em algumas áreas… Hoje é dia de “Nascimento Mortal”, 23º livro da série a sair aqui no Brasil.

nascimentomortal

Pode conter spoilers involuntários dos livros anteriores

“A tecnologia avançou de forma extraordinária na Nova York do ano 2060, mas o nascimento dos seres humanos ainda ocorre exatamente como no início dos tempos. A tenente Eve Dallas, apesar de estar investigando o duplo homicídio de um casal de funcionários de uma importante firma de contabilidade, precisa ajudar sua melhor amiga Mavis Freestone, grávida de oito meses, a preparar o chá de bebê para o herdeiro que chegará em poucas semanas. Mas esse não é o único favor que Eve fará a ela. Mavis faz questão que a tenente investigue o desaparecimento de Tandy Willowby, uma das gestantes de sua turma de preparação de parto. Quando Eve entra no apartamento de Tandy e descobre o presente para o chá de bebê de Mavis sobre a mesa, embrulhado e intocado, junto da bolsa da maternidade já pronta, seu instinto aponta para um possível sequestro.”

Eu achei esse livro sensacional, um dos melhores da série, por alguns motivos bem simples: o primeiro é ver que o caso principal era interessante e intrigante; o segundo foi ver que o caso “secundário” era tão instigante quanto o principal; o terceiro foi ver os dois casos se interligando; e o último, mas ao mesmo tempo maior de todos, foi ver a Eve (e o Roarke) lidando com o nascimento do bebê da Mavis – e a perspectiva de ter uma criança na vida deles. Eu já disse várias vezes que um dos pontos altos da série é ver como o casal 20 da NY de 2050 e qualquer coisa lida com seus demônios, fantasmas e vidas pessoais, então quando um livro traz isso de forma mais evidente é sempre legal! As personagens que amamos continuam aqui e muitos acontecimentos pequenos e fofos fazem com que o livro seja cheio de momentos adoráveis que entram no coração pra sempre! Recomendo, como sempre!

Espero que tenham gostado! Boa semana para todos nós e até a próxima!


Tem algo a acrescentar?