O Diário da Nossa Paixão (The Notebook) – Nicholas Sparks

Oi! Como prometido enquanto eu viajava, hoje começamos as resenhas de compensação. Fiquei devendo 8 resenhas pelo mês de fevereiro, então às sextas teremos resenha para cobrir esse gap. Tenho que dizer que estou ansiosa para começar a resenhar os livros que já li esse ano, mas ainda falta um tempo para esse momento começar, então nesse meio tempo vamos desenterrando algumas coisas que eu li há muitos anos. É o caso desse livro do Nicholas Sparks.

cover3

O livro é narrado pelo senhor Noah Calhoun, um idoso que vive em uma casa de repouso e que lê para uma senhora idosa uma história de amor, de um jovem casal chamado Noah e Allie. O jovem casal vive um amor de verão, mas é separado pelas circunstâncias da vida e passa muitos anos sem se ver, até que, depois da 2ª Guerra, se reencontram e revivem um amor que pensavam ter deixado no passado. A história contada pelo senhor Noah se entrelaça com a sua própria história de vida, e a senhora para quem ele a conta deve descobrir qual é sua relação com aquele senhor tão gentil e que tanto a ajuda – mas que ela não tem a menor ideia de quem seja.

Como eu disse logo no início da resenha, eu li esse livro há muitos anos, em uma época em que gostava muito dessas histórias que fazem chorar três oceanos. Li o livro depois de ver o filme, que encontrei por um acaso na TV e que achei lindo – e que meu pai e minha irmã, que viam junto, acharam uma idiotice. Já tinha visto “Um Amor pra Recordar” e me acabado no sofá, e aí resolvi comprar os dois livros; foi um novo festival de lágrimas e acho que depois fiquei mais saturada, já que hoje em dia não sou a maior fã do Sparks.

A história é muito bonita. Incrivelmente dramática, cheia daqueles twists meio exagerados pra contribuir para toda a tristeza da história, mas ainda assim muito bonita. Apesar de os livros desse autor serem todos assim, cheios de dramas e de tristezas, achei que esse, pelo menos, tem um final relativamente feliz, dentro da choradeira de costume. É como eu disse ali em cima: hoje em dia não seria minha escolha na livraria: se quisesse um livro pra chorar, escolheria outra coisa, mas não deixa de ter seus méritos.

As personagens são boas também, e eu gostei muito do casal protagonista. Fiquei com a distinta impressão de que Noah não pode ser lá muito certo das ideias, mas como Allie é até meio durona e corajosa, acho que formaram um bom par. Os pais de Allie formam bons personagens secundários, e eu gostei de ver a participação deles, e uma das enfermeiras da casa de repouso também me chamou bastante a atenção. As outras personagens não se destacaram tanto aos meus olhos, mas tem lá seus méritos.

No geral a história é coerente e até bem construída. Recomendaria pra quem precisa chorar muito ou que gosta bastante de histórias românticas e dramáticas, mas já aviso que não é a melhor coisa que ninguém vai ler na vida.

E é isso! Espero que tenham gostado, bom fim de semana para todos e até a próxima!


One thought on “O Diário da Nossa Paixão (The Notebook) – Nicholas Sparks

  1. Pingback: Um Amor pra Recordar - Nicholas Sparks - O mundo da Marina

Tem algo a acrescentar?