O Fantástico Mistério de Feiurinha – Pedro Bandeira

Oi! Minha última semana de férias começou linda: chuvosa, úmida e cinza, do jeito que eu amo! Achei que o clima estava propício pra histórias mais tradicionais – especialmente histórias de princesas – e me dei conta de que nunca tinha falado da Feiurinha por aqui! Pois bem, é dia de remediar isso! Vem ver o que eu achei de “O Fantástico Mistério de Feiurinha”.

feiurinha

“Você se lembra, não é? Quase todas as histórias antigas que você leu terminavam dizendo que a heroína se casava com o príncipe encantado e pronto. Iam viver felizes para sempre e estava acabado. Mas o que significa “viver feliz para sempre”? Significa casar, ter filhos, engordar e reunir a família no domingo para comer macarronada? Quer dizer que a felicidade é não viver mais nenhuma aventura? como é que alguém pode viver feliz sem aventuras? Ah, não pode ser! Não é possível que heróis e heroínas tão sensacionais tenham passado o resto da vida assistindo ao tempo passar feito novela de televisão. É preciso saber o que acontece depois do fim.”

Eu li este livro quando era pré-adolescente. Aquela fase engraçada da vida em que você não parece se encaixar muito bem em grupo nenhum, mas em que começa a formar uma noção mais individual de identidade – que logo corre o risco de ser meio sufocada pelos grupos de amigos da adolescência – e em que os primeiros questionamentos mais sérios e que vão te acompanhar pra sempre começam a aparecer. Pois bem, foi no meio dessa confusão mental e emocional que eu conheci a história de Feiurinha. Fui dormir na casa de uma prima que ia apresentar a história numa peça da escola, e ela me contou a história antes de dormir. Ainda demorei alguns anos depois disso pra conseguir pôr as mãos no livro, mas consegui fazê-lo e não me decepcionei com o que encontrei.

A história narrada pelo Pedro Bandeira pode até parecer bobinha e simples pra quem só lê a sinopse, mas pra quem realmente conhece o livro logo percebe que de boba ela nada tem! De um jeito bem didático sem ser chato alguns conceitos como padrões de beleza, a oralidade na transmissão da cultura, a importância de contar histórias e a importância de se registrar essas mesmas histórias são tratados, e eu me lembro de ter sentido aquele calorzinho no coração ao ler algo tão doce e interessante ao mesmo tempo!

As personagens se combinam bem com a narrativa, porque o autor explorou uma versão das princesas que não conhecemos – ou não conhecíamos à época, porque hoje em dia já temos várias adaptações que mostram como ficaram as vidas delas após o casamento ou mesmo em outras situações. Foi bem hilário vê-las discutindo sobre qual história seria a melhor e se juntando para resolver o mistério da princesa desaparecida. O livro como um todo é muito divertido e eu acho que é uma leitura essencial para crianças! Recomendo muito mesmo!

Espero que tenham gostado! Boa semana para todos nós e até a próxima!


2 thoughts on “O Fantástico Mistério de Feiurinha – Pedro Bandeira

Tem algo a acrescentar?