O Mar de Monstros (The Sea of Monsters) – Rick Riordan

Oi gente! Nossa, eu sou um terror lendo séries, né? Termino de ler e nem venho aqui comentar com vocês! Mas pelo menos terminamos “A Mediadora” e podemos ir adiante com “Percy Jackson e os Olimpianos”, que eu sei que todo mundo que está lendo está adorando (isso me inclui! hihihi!)! Não se esqueçam que vocês sempre podem pedir o que vocês querem ler lá na aba “Qual é o seu pedido?”. Se os nomes dos objetos estiverem diferentes nos livros, eu peço desculpas, mas eu li em inglês, e não sei se a Intrínseca os traduziu, ok? Vamos de “O Mar de Monstros” então!

Bom, “O Mar de Monstros” é o segundo livro da série Percy Jackson, e conta as aventuras de Percy, Grover, Annabeth e (pasmem!) Clarisse! Tudo começa pelo estranho fato de que o ano do Percy na escola foi super normal – fora os sonhos que ele tem tido, onde Grover aparece em perigo – o que é completamente fora-do-normal pra um meio-sangue. Só que no último dia de aulas, durante uma “avaliação” na Educação Fisica, um grupo de Canibais o ataca, e Percy e protegido pelo amigo Tyson. Tyson e ele se conheceram na escola, e são os “excluídos-da-sociedade”, já que o Tyson é considerado estranho (o motivo é revelado no livro, então não vou ser spoiler!). Bom, é a Annabeth quem ajuda o Percy a fugir, junto com o Tyson, e os dois correm pro acampamento meio-sangue, onde os problemas continuam! O que acontece é que alguém envenenou a árvore da Thalia, e, por causa disso, a borda protetora do Acampamento Meio-Sangue está desaparecendo, deixando desprotegido o único lugar seguro para meio-sangues!

O único modo de salvar o acampamento é buscando o Velocino Dourado (é assim? Em inglês ficou The Golden Fleece), que é capaz de fazer com que campos floresçam, e tem uma mágica tão poderosa que é capaz de curar a árvore da Thalia. Parece simples, mas não é! Quiron foi demitido, e Percy não tem o apoio nem do Sr. D. (Dionísio) nem do novo diretor do acampamento, Tântalo (conhecem a história dele? Olhem aqui!), já que nenhum dos dois é muito fã do Percy. Só que óbvio que ele é teimoso, e, estando muito preocupado com o Grover, que parece estar no mesmo lugar onde está o Velocino – o chamado Mar de Monstros, que fica, adivinhem onde? No Triângulo das Bermudas! – dá um jeito de ir, e junto com a Annabeth se mete em muitas confusões pra resolver esse problema!

Bom, o livro é ótimo, assim como o primeiro, e eu gostei de cada pedaço! Apesar de ter gostado da série desde o início, entre o primeiro e o segundo livro eu demorei um pouco pra ler, mais ou menos uma semana, o que é um recorde pra mim; só que depois que eu li O Mar de Monstros, eu devorei a série rapidinho (com a ajuda da minha amiga Jaque, que me emprestou os livros!), e pretendo trazer todos os livros pra vocês, ok?

Beijos pra todos e até a próxima!