O Silmarillion (The Silmarillion) – J. R. R. Tolkien

Posted on

Oi! Me dei conta esses dias que eu só tinha resenhado um livro do Tolkien até hoje, aí resolvi me redimir. Antes de falar do Senhor dos Anéis, vamos conhecer um pouco “O Silmarillion”.

‘O Silmarillion’ relata acontecimentos de uma época muito anterior ao final da Terceira Era, quando ocorreram os eventos narrados em ‘O Senhor dos Anéis’. São lendas derivadas de um passado remoto, ligadas às Silmarils, três gemas perfeitas criadas por Fëanor, o mais talentoso dos elfos.

Esse livro conta a origem da Terra Média, meio como o gêneses, na bíblia, sabe? Como a Terra Média foi criada, como ela chegou a ser o que é, e, logicamente, já podemos entrever como algumas coisas vão acontecer nas obras mais famosas do Tolkien – “O Hobbit” e “O Senhor dos Anéis”.

Como é um livro bem cheio de personagens, não vou me deter nelas. Acho mais interessante, nesse caso, comentar a história e o que eu achei do livro. O livro é dividido em quatro partes, e eu achei as duas primeiras bem cansativas. Meio chatas mesmo, sabe? Nem o fato de o livro ser escrito por um dos meus autores preferidos salvou, pelo menos até o momento em que, finalmente, começa a parte chamada “Akallabêth“. É a penúltima parte do livro, e depois dela temos a história do Um Anel, que também é legal.

O problema não são as histórias, essas são legais. O problema é que a narrativa das duas primeiras partes tem pontos tão maçantes que eu acabei me desestimulando da leitura. Ando considerando seriamente a possibilidade, no entanto, de reler o livro, porque a chance maior é que eu tenha implicado com a história porque não estava em um bom momento para lê-la. O livro é bom, mas acho que se você não for fã de “O Senhor dos Anéis” e seu universo, vai achar a história bem enjoada, então recomendo o livro com parcimônia.

E é isso por hoje! Não se esqueçam que na sexta teremos resenha extra! Espero que tenham gostado, bom resto de semana para todos e até a próxima!


Tem algo a acrescentar?