Os Contos de Beedle, o Bardo (The Tales of Beedle, the Bard) – J. K. Rowling

Oi! Com mais uma semana que começa, achei que o livro de hoje precisava ser um incentivo pra aguentar o tranco – sempre tenho a impressão que as últimas semanas são as mais difíceis! Como contos de fada sempre tiveram um papel especial na minha vida, e os desse livro são especiais, hoje é dia de um dos meus livros mais queridos, “Os Contos de Beedle, o Bardo”.

468522_854

“Os contos foram traduzidos das runas originais pela por Hermione Granger, a partir do velho exemplar herdado por ela. São cinco histórias de fadas diferentes entre si. Histórias populares para jovens bruxos e bruxas, contadas há gerações aos filhos à hora de dormir. Pouco se sabe do passado de seu autor, apenas que Beedle, o Bardo, teria nascido em Yorkshire no século XV e possuía uma longa barba, mas suas histórias foram passadas de geração em geração e têm ajudado muitos pais bruxos – não muito diferente dos contos escritos para pequenos trouxas. Assim como em alguns contos de fadas, as histórias de Beedle podem assustar criancinhas, mas, por outro lado, as inspiram a serem honestas e a usarem seus poderes para o bem, algo que Dumbledore ressalta a todo momento em suas anotações.”

Quem leu a série Harry Potter, já sabe que Os Contos tem um papel importante no último livro da saga, e que é ali que se encontram as respostas para solucionar o grande conflito entre Harry e Voldemort. O livro foi inicialmente impresso em apenas sete cópias, todas manuscritas e decoradas com pedras preciosas; seis deles foram presentes para pessoas envolvidas com a série “Harry Potter” e especiais para J. K., e o sétimo foi leiloado para benefício de uma das instituições de caridade para as quais ela contribui. Como o público ficou muito curioso com a história, ela acabou por publicar da forma tradicional, e assim elas chegaram até nós!

As histórias são mesmo contos de fada para bruxos, e, assim como os contos de fada trouxas, trazem ensinamentos e lições de moral, além de notas e explicações de alguns fatos e significados feitas pelo professor Dumbledore, então se você não leu Harry Potter, ainda pode entender os contos e os detalhes mágicos que eles trazem. Não dá pra falar de cada conto individualmente, porque são só cinco, e isso acabaria com a graça da leitura, mas dá pra dizer que são todos bem legais e que meus favoritos são “O Conto dos Três Irmãos” e “O Coração Peludo do Mago” (que também é, por sinal, bem macabro)! É um livro curtinho, que dá pra ler depressa – o meu foi presente de uma pessoa muito querida, que ia viajar e sabia que eu sentiria saudades; ganhei o livro para me fazer companhia durante a ausência, o que não funcionou porque eu o devorei no minuto que cheguei em casa! Tenho um carinho enorme pela série inteira e por esse livro em especial, então, recomendo!

Espero que tenham gostado! Boa semana para todos nós e até a próxima!

Livros extras da série Harry Potter:

1- Animais fantásticos e onde habitam

2- Quadribol através dos séculos

3- Os contos de Beedle, o bardo


3 thoughts on “Os Contos de Beedle, o Bardo (The Tales of Beedle, the Bard) – J. K. Rowling

  1. Daqui a alguns anos, quando a trilogia “Animais fantásticos e onde habitam” já tiver sido lançada e a Warner precisar voltar a fazer dinheiro com Harry Potter, espero muito que façam uma adaptação dos contos para o cinema (ou quem sabe para a TV) =)
    Esse livro é mais uma prova do quaão espetacular é o mundo criado pela JK 😛

      • Eu tbm estou com o pé meio atrás com o filme, porem é a mina de ouro dos irmãos Warner, não é possível que eles estraguem uma oportunidade dessa de fazer dinheiro. O foda serão os fãboys que vão ficar de mimimi de ~nossa é pior do que Reuri Porter~

Tem algo a acrescentar?