Protegido pelo Porto (Inner Harbor) – Nora Roberts

E aí amores, como estão vocês? Minhas aulas voltaram, olha que triste! Tava adorando ficar de férias, mas já que é hora de voltar, vamos também arrumar esse blog que anda às moscas! Prontos pra resenha de hoje? Vamos pra mais um da trilogia da gratidão, porque eu ainda tenho taantas séries pra desentalar (e não, eu não esqueci de Percy Jackson) que temos que começar logo se quisermos terminar algum dia, não é verdade? “Protegido pelo Porto” é o terceiro livro dessa saga (que começou sendo só uma trilogia mesmo).

Bom, no primeiro volume da trilogia conhecemos mais a fundo Cam, o mais velho dos irmãos Quinn, e sua relação com Seth e Anna. No segundo livro conhecemos Ethan, e podemos ver a relação dele com Grace, Seth e com Aubrey, filha de Grace. Agora é a vez de Phillip Quinn conhecer a felicidade, ou será que não?

Sybill é uma mulher fina, educada, e distante. Ela aparece cidade onde vivem os Quinn dizendo ser apenas uma turista, ou melhor, estar fazendo pesquisa para seu novo livro (ela é uma psicóloga renomada), mas que na verdade esconde um segredo que pode mudar a vida dos Quinn para sempre. E é cumprindo o objetivo que traçou, de observar a família Quinn, que Sybill e Phillip se aproximam e se apaixonam. Mas como ficará essa relação depois que o segredo for revelado? Como esse segredo mudará a relação dos Quinn e o que Ray escondeu dos filhos por todos esses anos?

Eu gostei desse livro, mas não foi o meu preferido na trilogia (foi o primeiro, pra quem quer saber). Phillip é elegante, refinado, mas também teve um passado sombrio, assim como seus irmãos, e mudou de vida ao conhecer Ray e Stella, que mudaram sua vida e cuidaram dele, dando-lhe uma família. Sybill também é elegante e refinada, mas não teve um passado triste como o de Phillip. Sua tristeza é o relacionamento frio e distante que desenvolve com sua família, que por ser muito conservadora e fria não a cobriu de carinhos. O segredo que ela guarda, quando revelado, traz a tona uma mulher sensível e educada, que só quer ser amada. Tudo meio doce pro meu gosto. Não me entendam mal: eu amei a história, e adoro um romance beeem água com açúcar, mas, sei lá, acho que os outros livros foram melhores. Ainda assim, recomendado!

E para aqueles que se perguntam sobre o quarto livro da “trilogia”, eu explico: ele conta a história de Seth, depois de crescido! Isso mesmo, podemos dar uma olhada em como ficaram as personagens dessa trilogia, o que eu, particularmente, achei muito legal! Vou resenha-lo mais pra frente, ok? Bom gente, por hoje é só isso mesmo! Tenho aula daqui a pouquinho, e preciso ir, então beijos a todos, e até a próxima!

“Trilogia” da Gratidão

1- Arrebatado pelo Mar

2- Movido pela Maré

3- Protegido pelo porto

– Resgatado pelo Amor


Tem algo a acrescentar?