Resgatado pelo Amor (Chesapeake Blue) – Nora Roberts

Oi! Hoje é dia de dar continuidade para mais uma série, e na hora de escolher qual seria, descobri uma abandonada há anos sem conclusão. A “Trilogia da Gratidão” virou uma “quadrilogia” a pedido dos fãs, que queriam saber como ficaria Seth Quinn depois dos acontecimentos que mudaram sua vida, e hoje é de dia de resenhar esse livro e concluir o ciclo dessa série.

“Seth Quinn finalmente está em casa e foi uma longa jornada. Após uma infância terrível, em companhia da mãe viciada em álcool e drogas, ele foi acolhido pela família Quinn e cresceu com três irmãos mais velhos, que cuidaram dele com muito amor. Agora já adulto e voltando da Europa como um pintor consagrado, Seth pretende se estabelecer de vez na baía de Chesapeake, na costa de Maryland, junto de Cam, Ethan e Phillip, seus queridos irmãos, e também de suas cunhadas e sobrinhos, que tornam o clã dos Quinn uma saudável e abençoada confusão com destino à felicidade. Seth está de volta à casa azul e branca onde há sempre um barco no cais, uma cadeira de balanço na varanda e um cão correndo pelo quintal. Só que muita coisa mudou na cidadezinha de Saint Christopher desde que ele foi embora. Agora, o segredo que Seth manteve escondido durante muitos anos ameaçará vir à tona para destruir não apenas sua nova vida, mas também seu novo amor.”

Bom, quando descobri que esse livro existia, logo depois de ter terminado a trilogia, fiquei muito curiosa para ler e rever um pouco aquelas personagens de quem tanto gostei. Acabei por encontrá-lo na biblioteca perto da minha casa e devorei depressa. Tenho que dizer que a história ficou bem abaixo do nível da Trilogia, mas é até bem razoável.

A narração segue o mesmo estilo da Nora, então qualquer fã pode identificar seus traços de escrita ali. O que eu não gostei tanto é que, para agradar seus fãs e mostrar como Seth e sua família tinham ficado depois de tantos anos, rolou uma história meio forçada. Seth tem um grande segredo – que além de não ser grande é muito burro – e esse segredo pode magoar muitas pessoas, mas daí a destruir, como diz a sinopse oficial, é um grande pulo. Eu, particularmente, acredito que só mostrá-lo tentando se apaixonar e conviver amorosamente considerando-se seu passado seria suficiente, então em termos de história não gostei muito.

O que gostei mesmo de ver foram as personagens que tinham me agradado tanto: os irmãos e as cunhadas de Seth, especialmente o casal Anna e Cam, que tinha sido meu preferido. Achei que a moça por quem Seth se apaixona, Dru, é bem fofa, mas não tão marcante quanto Anna e Grace – entra, para mim, na mesma categoria de Sybill: legal mas não é lá grandes coisas. Vale a leitura para quem leu a trilogia e gostou, e ficou curioso para saber o que acontece com Seth, mas se não tiver vontade não tem problema, já que o terceiro livro já traz uma conclusão.

É isso por hoje! Espero que tenham gostado, boa semana para todos e até a próxima!

“Trilogia” da Gratidão:

1- Arrebatado pelo Mar

2- Movido pela Maré

3- Protegido pelo Porto

– Resgatado pelo Amor


2 thoughts on “Resgatado pelo Amor (Chesapeake Blue) – Nora Roberts

Tem algo a acrescentar?