Sob o Sol da Toscana (Under the Tuscan Sun) – Frances Mayes

Posted on

Oi gente, tudo bem com vocês? Seguinte, preparei um ‘esquema’ pra atualizar o blog com mais frequência e não deixar vocês sem novidades, beleza? Vamos ao livro de hoje? Que tal viajar pra Toscana?

sobosoldatoscanaSim, pois o livro de hoje é, nada mais nada menos que Sob o Sol da Toscana, da Frances Mayes, que chegou a virar um filme, que é um dos meus preferidos! Quase ninguém fala nesse livro porque nesse caso, o mais conhecido é o filme mesmo!

Esse não é um livro que conte uma história, como parece no filme. Ele é bem diferente, conta a história da Mayes quando ela compra uma casa na Itália, e os verões que ela passa lá. Algumas das coisas que ela viveu lá são passadas no filme, de uma forma que estejam no meio da história criada lá.

Bom, não tem muito que falar desse livro com relação à história em si, já que cada capítulo, cada pedaço é uma coisa nova e diferente! O que eu posso dizer é que em alguns momentos encontramos seções com receitas! Siim queridos leitores, e aqui posso revelar uma paixão secreta dessa que vos escreve: a culinária! Tanto pra comer, quanto pra cozinhar! Nos últimos tempos tem sido para comer, já que meu namorado cozinha – e muito bem, por sinal – e nem me deixa chegar perto do fogão!

As receitas podem variar desde uma bem italiana, passando por uma tradicionalmente do sul dos Estados Unidos e chegando, inclusive, a uma mistura dos dois!

Provando para vocês que eu leio a aba ‘Qual é o seu pedido’, realizo o pedido do Dudu – Meyre, o seu vem assim que eu encontrar o livro! – e trago a receita dos deliciosos biscoitos Scooby!

Bem fácil, olha só:

– 2 xícaras de farinha de trigo
– 1 xícara de aveia
– 1/2 xícara de chocolate em pó
– 1/2 xícara de açúcar
– 1 colher (sopa) de manteiga
– 2 ovos
– 1 colher (chá) baunilha
– 1 colher de essência de nozes

Junte todos os ingredientes em uma vasilha, misturando bem. Modele os biscoitos como quiser. Coloque em fôrma untada com margarina e leve para assar em forno pré-aquecido. Assar por 8 a 12 minutos. Fácil, fácil!

Espero que tenham gostado do post, mesmo que seja meio incompleto! É que nesse caso, menos é mais! Seu eu falar demais do livro, vou ter que reescrevê-lo aqui!

Beijos a todos, e até a próxima!


Tem algo a acrescentar?