Lembrança (Remembrance) – Meg Cabot

Posted on

Oi! É, eu sei: mal vem aqui e quando vem resenha dois livros seguidos da mesma autora. Perdoem-me, mas eu acordei precisando de finais felizes – ou começos felizes, acho que depende de como você encara. O que importa é que vim aqui, né? Ando procurando pequenos sinais de normalidade, e depois de alcançar parte disso com a minha própria casa é a vez de tentar com o blog. Já que não estou fazendo sentido nenhum e falando sozinha, é hora de resenha. Sem mais delongas, é dia de “Lembrança”, último (?) livro da série “A Mediadora”.

lembranca

Pode conter spoilers involuntários dos livros anteriores

“Meg Cabot retorna com uma divertida e sexy continuação da saga de Suzannah Simon, a menina que via fantasmas… e os ajudava a passar para a luz. Agora, mais velha e experiente, tudo que Suze quer é causar uma boa impressão no primeiro emprego desde sua formatura — e desde o noivado com o Dr. Jesse de Silva, ex-espírito e sua alma gêmea. Como não bastasse, um fantasma de seu passado resolve aparecer. E esse não é um espectro que ela possa mediar. Afinal, Paul Slater está bem vivo, milionário e, ainda por cima, é o novo proprietário da antiga casa de Suzannah. Aquela na qual conheceu Jesse. Isso não seria um problema se ela não tivesse acabado de descobrir que uma antiga maldição poderá transformar seu amado num demônio, caso seu antigo local de descanso seja demolido, como Paul pretende. Agora ela precisa dar um jeito em Paul, que a está chantageando sexualmente — isso mesmo… ou ela dorme com ele, ou perde Jesse —, enquanto tenta ajudar uma caloura assombrada por uma menininha muito poderosa…”

Como eu mencionei na resenha anterior, a Meg resolveu reviver séries (alô, Diário da Princesa…) e felizmente “A Mediadora” saiu da geladeira, porque eu adoro a história da Suze. Gosto do fato de ela ser cheia de personalidade, não ser mega inteligente mas ser durona e corajosa. Ver como ela está anos depois do primeiro final da série foi super legal, porque deu pra ver que, enquanto muita coisa mudou, o essencial continuou como sempre foi. O Jesse ficou um tantinho esquisito, mas ainda assim foi legal vê-lo, um médico dedicado e que é bom no que faz, um sonho antigo (eu sempre me alimento da alegria dos sonhos alheios, aparentemente). A linha narrativa e a estrutura da história seguem o mesmo estilo das anteriores, então se encaixaram bem na série como um todo. Senti falta de ver mais a família da Suze, que não aparece toda, só um dos irmãos tem destaque, e eu nem posso contar o porque sem estragar uma parte super legal da história. A Gina também está bem presente, mas parece que tem algo mal resolvido, assim como Adam e CeeCee, o que me faz pensar que esse, talvez, não seja o fim da história e mais livros venham por aí – tomara!

Continuo recomendando a série! É bem escrita, divertida e excelente pra distrair a cabeça de outras coisas – dá até vontade de me enrolar na cama e esquecer meus problemas e responsabilidades só pra reler do primeiro ao último livro.

Espero que tenham gostado! Boa semana para todos nós e até a próxima!

Série “A Mediadora”:

01- A Terra das Sombras

02- O Arcano Nove

03- Reunião

3.5- O Sonho de Toda Garota

04- A Hora Mais Sombria

05- Assombrado

06- Crepúsculo

6.5- O Pedido

07- Lembrança


Tamanho não Importa (Big Boned) – Meg Cabot

Posted on

Oi! É, eu sei, tá pra nascer blogueira mais relapsa. Mas é que como não ando estimulada pra quase nada nessa vida, escrever tem sido difícil – até porque eu acho que esse ano eu vou merecer a plaquinha da vergonha pelo pouco que li (acho que nem Retrospectiva devo fazer). Acordei com saudades, no entanto, e depois dos últimos dias, que foram uma montanha russa emocional, senti que precisava botar um pouco pra fora, e como não publico meus textos pessoais, que são horríveis, vim resenhar. Um pouco de exercício pra mente e pro coração, que anda precisando se acalmar. É dia do terceiro livro da série Heather Wells – “Tamanho não Importa”.

tamanho-nao-importa

Pode conter spoilers involuntários dos livros anteriores

“A ex estrela do pop Heather Wells não tem do que reclamar: seu pai finalmente vai se mudar do apartamento que ela divide com Cooper; ela arrumou um namorado que quer ajudá-la a emagrecer e as coisas no emprego de inspetora de alojamento na Universidade de Nova York vão… Bem, as coisas por lá continuam esquisitas como sempre. O Dr. Owen Broucho, diretor interino do alojamento Fischer Hall e seu terceiro chefe em menos de um ano, acaba de ser assassinado. Mais uma vez, Heather precisará usar seus excepcionais talentos de investigação se quiser livrar Sebastian Blumenthal, líder estudantil e principal suspeito do assassinato, de uma acusação aparentemente falsa.”

Escolhi falar desse livro porque ando num humor esquisito, e não dá pra não dizer que esse não é um livro esquisito. Explico: se o romance entre a Heather e o Cooper era algo que você, como eu, esperava ansiosamente, a chegada desse livro foi como um tiro capaz de confundir. Como eu o li antes de os outros livros serem lançados, acreditava, como a maioria dos fãs da Meg, que ele seria o último da série, e aí ver em duas páginas a resolução mais sem noção possível para um romance que eu tanto queria ver foi bem decepcionante, especialmente levando-se em consideração que a história em si foi bem legal – melhor que o segundo livro, com certeza! Ainda bem que a série continuou pra poder dar uma salvada na ideia ridícula que foi fazer o relacionamento novo da Heather começar como começou. Uma história boa e divertida, com elementos legais nas vidas das personagens secundárias (mais romances, porque né?) e um mistério mais legal do que o anterior, ainda que o fato de ter ocorrido no Conjunto Residencial Fisher seja já meio batido – ninguém comete crimes em outros lugares de Nova York?

Resumo da ópera: recomendo por ser um livro leve e divertido, mas não vá esperando que seja nada complexo ou que vá alterar sua vida não, porque não é o caso aqui. Pra fãs da Meg e de mistérios, no entanto, é uma boa pedida.

Espero que tenham gostado! Bom resto de semana para todos nós e até a próxima!

Mistérios de Heather Wells:

01- Tamanho 42 Não é Gorda

02- Tamanho 44 Também Não é Gorda

03- Tamanho Não Importa

04- Tamanho 42 e Pronta Para Arrasar

05- A Noiva é Tamanho 42


O Pedido (Proposal: A Mediator Novella) – Meg Cabot

Posted on

Oi! Nem acredito que estou aqui fazendo resenha, porque minha quinta está tão cheia de coisas que paro a cada dois minutos para resolver algum problema – e ainda não é nem meio dia! Como eu não podia deixar de vir aqui, uma resenha curtinha de uma história também curtinha mas muito boa. É dia de “A Mediadora”, que, este ano, ganhou um novo final (Meg tá com tudo revivendo essas séries…).

opedido

Pode conter spoilers involuntários dos livros anteriores

“O último lugar em que Suze Simon espera estar durante o Dia dos Namorados é um cemitério. Mas isso é o que acontece quando você é um mediador – amaldiçoado com o “dom” de se comunicar com os mortos. Foi assim que Suze acabou nas sepulturas de um par de fantasmas cujo drama de não termina com a morte. É o trabalho de Suze levá-los para o “destino final”. Mas os fantasmas não são os únicos com problemas. A razão de Suze estar passando o Dia dos Namorados com os mortos-vivos, em vez de seu namorado, Jesse, é porque ele está tendo muita dificuldade para se ajustar à vida após a morte… não é surpreendente, considerando o fato de que ele costumava ser um fantasma também…”

Acredito que esta novela tenha sido publicada no Brasil em ebook, mas não tenho certeza porque comprei meu ebook na amazon americana – não ando muito paciente pra esperar as traduções chegarem. De qualquer modo o importante é a história, e essa é legal mas não a melhor da série. Foi legal ver como chegamos ao pedido de casamento da Suze, já que ela não é exatamente a criatura mais romântica e/ou tradicional do mundo, enquanto o Jesse é exatamente isso. A única coisa triste pra mim nesses dois últimos livros que foram lançados, é que eles não trazem uma participação muito forte da família da Suze, que eu adorava ver. Falo um pouco mais sobre isso – e sobre a Gina – na resenha do último (?) livro da série. O que posso dizer deste é que é muito bom. Recomendo!

Espero que tenham gostado! Bom resto de semana para todos nós e até a próxima!

Série “A Mediadora”:

01- A Terra das Sombras

02- O Arcano Nove

03- Reunião

3.5- O Sonho de Toda Garota

04- A Hora Mais Sombria

05- Assombrado

06- Crepúsculo

6.5- O Pedido

07- Lembrança


Lições de Princesa (Princess Lessons) – Meg Cabot

Posted on

Oi! Desculpem pela sumida! Meu minúsculo recesso chegou ao final e, sendo professora, isso aconteceu com a semana pedagógica, que tomou bastante da minha semana. Estou de volta, no entanto, com o anúncio que as resenhas devem mudar de dia! Provavelmente as termos às terças e quintas, já que eu trabalho cedo nos outros dias. Não é definitivo, no entanto, e eu aviso por aqui quando tiver uma organização mais fixada. No mais, hoje é dia de, finalmente!, concluir a série “O Diário da Princesa”, com “Lições de Princesa”, um livrinho extra e não necessário para a compreensão da história.

licoesdeprincesa

Pode conter spoiler involuntários dos livros anteriores

“É um livro encantador, de capa dura e ricamente ilustrado, que ensina o passo-a-passo para qualquer menina se transformar em uma princesa. Tudo o que elas precisam saber sobre postura e maneiras e como se dirigir a seus súditos – sejam eles os pais ou aquele gatinho – está aqui. “Resolvi compartilhar o que aprendi durante as longas e exaustivas horas que passei com minha avó, a Princesa-Mãe Clarisse, para que vocês também possam praticar ser uma princesa”, explica Mia.”

Eu já resenhei os outros livros intermediários da série, a maioria na ordem, para que vocês soubessem como eles se organizam em termos de sequência temporal. Bom, este daqui foi um dos primeiros a sair, mas pode ser lido a qualquer tempo depois do primeiro livro, já que ele é um compilado das dicas e ensinamentos (daí o título) que a Mia aprendeu com a avó durante suas aulas de princesa. O livro tem um tom bem mais infantil que o resto da série e não conta nada de mais sobre o desenvolvimento do enredo, então é totalmente “pulavel” se você não quiser lê-lo. Eu o achei fofinho mas nada demais, então não o recomendo pra quem não é fã da série, já que nem faria sentido mesmo.

Espero que tenham gostado! Boa semana para todos nós e até a próxima!

Série “O Diário da Princesa”:

01- O Diário da Princesa

02- Princesa sob os Refletores

03- Princesa Apaixonada

04- Princesa à Espera

04 e 1/4- Valentine Princess

04 e 1/2- Princess Project

05- Princesa de Rosa Shocking

06- Princesa Em Treinamento

06 e 1/2- O Presente da Princesa

07- Princesa na Balada

07 e 1/2- Sweet Sixteen Princess

08- Princesa no Limite

09- Princesa Mia

10- Princesa Para Sempre

11- O Casamento da Princesa

– Lições de Princesa


Tamanho 44 Também Não é Gorda (Size 14 is Not Fat Either) – Meg Cabot

Posted on

Oi! Mais uma semana que começa e eu já tô toda bagunçada: acordei mais tarde do que devia e agora estou correndo contra o tempo pra terminar tudo que tenho pra fazer antes de correr pro trabalho! Tô mesmo precisada do recesso do meio do ano, mas como parece que chega o Natal mas não chega julho o jeito é me organizar e pisar fundo. Hoje é dia de “Tamanho 44 Também Não é Gorda”, segundo livro da série Heather Wells!

tamanho44tambémnãoégorda

Pode conter spoilers involuntários dos livros anteriores

“A ex-estrela pop Heather Wells está de volta, e como de costume vai se envolver em uma perigosa investigação. Ela é inspetora de um dormitório feminino da universidade de Nova York, e está acostumada com festas e brincadeiras estranhas das estudantes. Quando jovens começam a aparecer mortas no dormitório, Heather acha que pode ajudar, como já fez no passado. Mas quem está por trás desses assassinatos fará de tudo para se proteger e uma inspetora gordinha não ficará em seu caminho.”

Este segundo livro da série traz um novo mistério (mais um caso de assassinato) que também acontece no Conjunto Residencial onde a Heather trabalha – e agora ela já não está mais em estágio probatório, já foi contratada. Como os problemas na vida pessoal da ex-cantora pop só parecem aumentar (o ex namorado está prestes a se casar mas não para de ligar para ela, seu pai, o ex presidiário, aparece para uma visita surpresa e o cara por quem ela é apaixonada não dá a mínima para ela), Heather resolve que vai investigar este assassinado também. O mistério em si é bem interessante e eu não posso reclamar dele, mas posso falar sobre meu descontentamento com a Heather. Já explico: quando eu li a série era bem mais nova e não tinha noção de algumas coisas que tenho hoje. Uma dessas coisas é a ideia de amor próprio e respeito próprio. Tenho uma visão bem particular sobre esse assunto, mas o que eu posso dizer de forma resumida é o seguinte: se você quer odiar seu corpo isso é só com você; ninguém deve te dizer qual relação ter com você mesmo, e se isso te prejudica ou não é você quem tem que saber e medir. Isso posto, você não pode julgar nem odiar os corpos alheios! Não quer gostar de si mesmo? Ótimo, vá em frente. Mas não ache que você é melhor do que os outros. Esse discurso todo é por causa da Heather, que parece não entender essa regra!

Sendo uma personagem “acima do peso”, era de se esperar que a Heather não fosse julgar os outros pela aparência, mas não é o caso! Colocar no mesmo saco todo mundo que é magro, ainda por cima com o estereótipo de fútil é bem cruel! Aliás é totalmente absurdo e me deixou muito indignada! É um bom livro? É sim, em termos de história, mas a protagonista, de quem eu tanto tinha gostado no primeiro livro, caiu no meu conceito ligeiramente… ainda assim é uma série que eu recomendo: é fácil e leve e agradável de ler!

Espero que tenham gostado! Boa semana para todos nós e até a próxima!

Mistérios de Heather Wells:

01- Tamanho 42 Não é Gorda

02- Tamanho 44 Também Não é Gorda

03- Tamanho Não Importa

04- Tamanho 42 e Pronta Para Arrasar

05- A Noiva é Tamanho 42