Uma Vida Interrompida (The Lovely Bones) – Alice Sebold

Oi! Estou com a semana cheia, e decidi num impulso o que resenhar. Para quem está sentindo falta das séries no blog, favor não se preocupar: semana que vem uma delas está de volta e eu pretendo concluir pelo menos duas até o fim do ano. Hoje é dia de um livro sem continuação: “Uma Vida Interrompida” de Alice Sebold.

Susie Salmon é uma menina de 14 anos que vive com sua família na Pensilvânia, Estados Unidos, em 1973. Tudo corre normalmente em sua vida, até o dia em que, voltando da escola, é estuprada e assassinada por seu vizinho, George Harvey. Como ele a esquarteja e joga seu corpo em um sumidouro (uma espécie de buraco com areia movediça, onde as coisas jogadas desaparecem e podem nunca retornar), sua participação no crime não é descoberta pela polícia. O pai de Susie, no entanto, desconfia de Harvey, fazendo com que a filha mais nova, Lindsey, queira ajudá-lo a investigar o vizinho. Enquanto sua família luta para entender o que se passou com ela, como ela morreu e lidar com a dor da perda, Susie os observa do céu, onde ela vive em um paraíso particular e onde pode ver como sua morte alterou a vida daqueles que ama, sem, no entanto, poder ajudar ou interferir para cuidar daqueles que ficaram.

Eu li esse livro alguns anos atrás por um acaso. Não estava planejando nem nada, mas o vi na biblioteca e me chamou a atenção. Quando comecei a ler, pensei que seria tão triste que sofreria para terminar, mas não foi bem assim. É claro que é um livro carregado de tristeza, mas a narrativa colabora para que não seja sofrimento puro lê-lo. Sebold é boa no que faz, e ao ler o livro fiquei com a distinta impressão de que Susie ia ficar bem, e que a família Salmon ia acabar ficando bem, mesmo tendo que superar a morte dela.

As personagens são muito boas, cheias de nuances e muito profundas. Susie é uma menina comum, mas que amadurece depressa depois de passar pelo que passa; olhando do céu aqueles que ama, ela parece até entender melhor que sua família deve seguir adiante. Lindsey, sua irmã mais nova, é muito corajosa e inteligente. Consegue pistas da morte da irmã mesmo correndo sério perigo, e segue com a vida ajudando sua família depois que a morte de Susie traz ainda mais uma provação consigo. Consegui entender a mãe das meninas, Abigail, mas não gostei de suas atitudes. Não gosto de personagens covardes, assim como não gosto de pessoas covardes.

O livro é bonito, e acaba trazendo algumas reflexões sobre a morte e sobre aqueles que ficam para trás, e como lidam com a ausência de quem se foi. Gostei bastante, recomendo e até leria de novo.

Espero que tenham gostado! Desculpem pela resenha curtinha e até a próxima!


2 thoughts on “Uma Vida Interrompida (The Lovely Bones) – Alice Sebold

Tem algo a acrescentar?